Resenhando: Yuru Camp

Oi pessoal! Ué, mas é domingo né? Sim, é sim não se preocupe que você não está doido, é só que ultimamente ta meio apertado (eu vivo muito cansada) e como ainda estou usando altos remédios pra respirar, é assim que a banda toca (ela não toca, ela dorme).

Hoje vou falar da maior sensação do slice of life dessa temporada, pelo menos pelas bandas que eu passeio. Yuru Camp é super amado em altos lugares e devo dizer que obviamente eu iria amar também. Depois de falarmos sobre um outro nível de paixão por Miso, vamos falar de acampar!

Informações

Título original: ゆるキャン△
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 6 volumes PdO, 2 volumes online
Status: Andamento
Demografia: Seinen
Gêneros: Comédia, slice of life, iyashikei
Mangaká: Afro
Ilustração: Afro
Ano: 2015
Editora: Houbunsha
Revista: Manga Time Kirara Forward
Link do mangá no Anime-Planet

Sinopse

Yuru Camp acompanha garotas que adoram acampar, inclusive nas estações frias e leva o leitor por inúmeras viagens entre um acampamento e outro, onde as garotas passam bons momentos acompanhadas ou até mesmo sozinhas.

Acampando por projeção

Se você é uma daquelas pessoas que joga Persona e estuda muito, sai com todos os amigos e fecha todos os social links trabalhando muito, mas na vida real nem curte sair de dentro do seu quarto, então essa história vai te fazer ir mais longe ainda sem sair do conforto da sua residência.

Yuru Camp não tem rodeios nem altas viradas de plot, então não tem muito a ser dito sobre a história, ela é bem simples: garotas que curtem acampar e ficam fazendo isso enquanto desenvolvem uma leve e doce amizade numa leve e doce rotina com muito aprendizado e tranquilidade para o leitor se jogar dentro do mangá, sentar do lado da cabana, se tapar e curtir a vida.

Assim como aquele mangá sobre Miso ensina muita coisa útil, Yurukyan ambienta muito bem o leitor com explicações que vão dos equipamentos necessários para acampar até os pontos em que nossas garotas passam ótimos momentos e onde até mesmo os preços das coisas estão bem atualizados! Podemos ver o carinho e atenção do autor com a obra e a atenção ao desenvolver as personagens, suas personalidades distintas e ainda respeitar essas individualidades enquanto as relaciona suavemente na trama.

Como a função da obra é só nos envolver nesse clima agradável, nos fazer rir e nos sentir parte daquele enredo, enquanto nos identificamos aqui e ali com algum personagem ou situação, não existe necessidade para estratégias que deixem o leitor ansioso ou confuso sobre o futuro, como vemos bastante em mangás de ação por exemplo.

O traço do mangá com certeza pode deixar a desejar um pouquinho se o anime já foi visto. Conferi algumas imagens dele e gostei muito dos cenários, mas nem tanto do design das personagens, mas a verdade é que está bem fiel. Se o mangá fosse todo colorido seria absurdamente delirante, pois o traço traz muita veracidade nos cenários utilizados e uma paz tremenda quando combina esses cenários com as personagens.

Minha experiência com Yuru Camp foi magnífica e espero que não demore muito a ter novos capítulos na net, afinal, o ruim de ler algo em andamento é a espera pelos novos capítulos, mas lhes garanto que se me deixou querendo mais é por valer a pena.

E finalmente o motivo para que Yuru Camp seja publicado aqui, na minha humilde opinião. Eu gosto do que temos no momento, não me levem a mal, não é uma seleção ruim, mas sinto a necessidade de mais mangás desse tipo, que trabalha muito a paz interior do leitor, apenas isso.

Se está procurando algo leve para te fazer flutuar pelas páginas e acampar por tabela, da sua casa, então vá agora mesmo ler Yuru Camp!

Esta entrada foi publicada em Mangá, Resenha, Resenhando e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.