Resenhando: Asahinagu

Olá, povo que ainda lê meu blog! Devido a muita ocupação e cansaço ultimamente, não andei lendo nada, mas estou voltando a me disciplinar nesse hábito maravilhoso e por isso hoje, apesar de ser sexta e não quinta, vou falar da minha experiência com um mangá seinen de esporte que ainda está em andamento e me chamou bastante atenção!

Informações

Título original: あさひなぐ
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 26 volumes PdO, 2 volumes e 14 capítulos online.
Status: Andamento
Demografia: Seinen
Gêneros: Comédia, drama, artes marciais, vida esoclar, esporte
Mangaká: Kozaki Ai
Ilustração: Kozaki Ai
Ano: 2011
Editora: Shogakukan
Serializado em: Big Comic Spirits
Link do mangá no Anime-Planet

Sinopse (mangaupdates.com)

Todo mundo quer um recomeço no ensino médio e não é diferente com Toujima Asahi. Ela espera que possa criar uma imagem muito mais legal de si mesma na escola Futatsuzaka, uma escola que costumava ser feminina e agora é mista, mas ainda tem uma população masculina muito pequena, com atividades extracurriculares voltadas para meninas. Asahi não iria conseguir mudar tão facilmente, até que encontrou o clube de Naginata, um esporte similar ao Kendo

Um novo clube, novas mudanças

Quem está lendo o blog faz um tempo já me viu contar sobre como eu não sou chegada em esportes, mas existem alguns que eu acho bem legais e admiráveis e Naginata entrou para a lista. Kenpo sempre me pareceu interessante, mas não vou mentir que estou saturada de ver espadas pra lá e pra lá, então quando descobri que existe um esporte parecido só que com lança, fiquei muito curiosa e fui logo lendo. O roteiro não é super complexo, mas pode ser um pouquinho pesado nas partes onde o leitor é educado sobre o esporte para que consiga participar mais da leitura. Vale a pena se informar sobre esse esporte, pois assim o leitor pode se emocionar e se envolver muito mais, ajuda a entender os sentimentos das meninas em relação ao clube e a ver como esse esporte tem impacto em suas vidas diárias. Falando de romances, superação e a busca da força interior, Asahinagu tem tudo pra ficar cada vez mais interessante e espero poder ler mais dessa obra em breve.

As personagens me pareceram bem variadas, como não tem muitos capítulos disponíveis online não pude captar melhor cada uma delas, mas a protagonista realmente demonstra força de vontade em mudar o rumo de sua vida e curtir uma boa adolescência com tudo que garotas sonhadoras tem direito e parece que muitas reviravoltas ainda acontecerão com as garotas que tem personalidades bem distintas, mas ainda conseguem se relacionar e nos cativar!

A arte ao meu ver tem uma separação interessante. Nos momentos mais puro cotidiano o traço é mais leve e até mais cômico, mas durante as lutas de Naginata, a coisa fica mais séria e um pouco mais detalhada em certos quadros e acho importante para mostrar a beleza da vestimenta e destacar mais esses momentos. Gosto quando a arte de um mangá anda junto com o clima dele. No geral é uma arte simples, mas divertida e interessante.

Sei que foi bem curtinho, mas já está saindo fumaça dessa pessoa cansada, então lhes peço que compreendam e que tempos melhores virão! Fiquem no aguardo para um one-shot de terror entre amanhã e domingo, ok? E tentarei muito não falhar mais com o wallpaper da semana.

Vejo vocês na próxima postagem, devoradores!

Esta entrada foi publicada em Mangá, Resenha, Resenhando e marcada com a tag , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.