Resenhando: Migi to Dari

Olá, pessoal do site e pessoal do Amino também! Não esquecendo claro o pessoal que acompanha no Telegram ou Discord! Gostaria de agradecer por todas as visitas no site, comentários, elogios e críticas construtivas sobre o site e meu trabalho não remunerado. Fico muito feliz de ter o feedback do pessoal e sempre fico agradecida por terem interesse no que conteúdo que produzo.

Sábado passado eu ia falar sobre esse mangá que eu jurava que tinha a tag de horror, mas como não tem, vou deixar aqui no quadro geral mesmo, ok?

Para os que conhecem Sakamoto desu ga! o autor é o mesmo.

Informações

Título original: ミギとダリ
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 2 volumes e 12 capítulos PdO e online
Status: Andamento
Demografia: Seinen
Gêneros: Drama, slice of life, mistério
Mangaká: Sano Nami
Ilustração: Sano Nami
Ano: 2017
Editora Japonesa: Kadokawa
Revista Japonesa: Harta
Link do mangá no Anime-Planet

Sinopse

Hitori consegue ser adotado por uma família rica que vive em uma casa luxuosa. Agora ele tem uma cama quente, roupas e refeições decentes, mas esconde um segredo tenebroso do casal de meia-idade.

Migi e Dali = Hitori

O terrível segredo que Hitori oculta de sua nova família não é apenas que não é uma pessoa só e tem um gêmeo, mas sim os objetivos dos dois ao serem adotados por essa família, mas esse é o segredinho da trama que é muito mais interessante os leitores descobrirem sozinhos, é claro. Vamos lembrar que eu não estou aqui para detalhar o roteiro todo e sim instigá-los a lerem as obras através da minha experiência.

Então sabemos que Migi e Dali são dois garotos que usam o nome Hitori em frente aos pais, afinal, eles adotaram só um garoto. Apesar de toda bondade do casal, um clima de deslocamento dos acontecimentos e razões para os personagens tomarem suas ações começa a ocupar as páginas desse mangá logo logo. Coisas simples como afeto e tentativas de fortalecer laços entre os pais adotivos e o filho tomam um ar quase psicótico nas expressões e atitudes de seus pais, mas Hitori também não deixa a desejar com suas estranhezas e modo de agir extremamente bizarros em relação a todas as pessoas com as quais entram em contato.

Logo descobre-se a razão principal dos gêmeos serem adotados e onde querem chegar com tudo isso, dando um plot twist completo na climatização e obviamente engatando o roteiro. Essa virada não demora muito a acontecer e a história não é desenvolvida com aquela lentidão forçada. O leitor pode apreciar um ritmo constante e interessante, tendo capítulos substanciais e críveis em seu andamento.

O traço é extremamente similar ao outro trabalho conhecido do mangaká, mas como sempre digo, não é um demérito. O leitor irá encontrar inevitáveis semelhanças, mas não ao ponto de pensarmos que estamos lendo Sakamoto! Outro ponto muito forte é que o tipo de traço desse autor contribui e muito para passar as emoções frequentemente distorcidas e enganosas da história, tornando até mesmo as verdadeiras um pouco duvidáveis em certos momentos.

Esse mangá também utiliza rasos conceitos de um velho jogo infantil chamado detetive, com uma visão mais bruta e direta dessa brincadeira dos tempos de criança. Enquanto os gêmeos investigam tudo e todos ao seu redor atrás da realização de seu objetivo, algumas similaridades entre a brincadeira e a realidade deles vai surgindo.

Os personagens são, como dizer…ricos. Cada uma das pessoas dessa cidadezinha possui algum hobby bizarro e nem sempre saudável e os gêmeos se envolvem em todo tipo de situação graças aos seus objetivos. São cativantes seja de forma negativa ou positiva e assim como todos os outros elementos da história, boas risadas estão garantidas!

Migi to Dari  é um mangá excelente para rir, mas também para se aprofundar em sua trama misteriosa e engenhosa.

Dito isso, vejo vocês na próxima postagem. Não estou garantindo a de sábado novamente, mas acredito que se tudo colaborar, trarei alguma coisa ainda essa semana.

Esta entrada foi publicada em Mangá, Resenha, Resenhando e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.