Resenhando: Machida-kun no sekai

Olá, pessoal! Claro que assim que eu postasse alguma satisfação sobre o motivo de não termos novas postagens, uma nova postagem ia aparecer…todo mundo sabia disso, né? É o básico da vida.

Eu tenho lido bastante coisa, mas não tenho tido a energia para colocar no “papel”, mas esse mangá lido ontem é bem mais simples de falar e uma ótima leitura para esse fim de ano.

Espero que curtam minha experiência com Machida-kun no sekai, um adorável shoujo.

Informações

Título original: 町田くんの世界
Tipo: Mangá
Volumes e capítulos: 7 volumes, 27 capítulos
Status: Completo
Demografia: Shoujo
Gêneros: Comédia, drama, romance, vida escolar, slice of life
Mangaká: Andou Yuki
Ilustração: Andou Yuki
Ano: 2015
Editora Japonesa: Shueisha
Revista Japonesa: Bessatsu Margaret
Link do mangá no Anime-Planet

Sinopse

Machida Hajime é um adolescente adorável. Ele adora pessoas, tem uma família grande e é um excelente irmão e amigo. Sua gentileza ultrapassa os níveis esperados, mas ele se sente muito mal pelas coisas que não faz muito bem em sua vida e frequentemente esquece que as pessoas a sua volta o amam muito. Em sua jornada pelos dias escolares, Machida, que tem uma visão do mundo e das pessoas um pouco diferente e sem tanta experiência, começa a descobrir novos sentimentos e razões para seguir dando o seu melhor na vida.

O mundo pelos olhos de Machida

O roteiro é bem tranquilo, sem grandes conflitos e nada que vá fazer o coração do leitor sair pela boca. A sensação que essa leitura trás é quase a mesma de ler um Iyashikei. O leitor pode acompanhar Machida Hajime enquanto ele faz novos amigos, vive novas experiências e principalmente, tenta aprender sobre amor.

Machida é um jovem que ama muito sua família e trata a todas as pessoas com muita gentileza, considerando o mundo todo como uma grande família, mas ao longo da história ele acaba conhecendo Inohara-san, uma garota que não sabe dizer o que é uma família de verdade e que tem seu coração tocado por Machida e ali, começa a desenvolver um romance muito tranquilo, sem pressa, sem pressão e muito emocionante de acompanhar dado o crescimento de ambos os personagens principais e suas novas descobertas sobre si mesmos e o mundo ao seu redor. Mesmo que Machida tenha quase nenhuma expressão facial, sua maneira delicada de falar e o amor que demonstra em seus atos é mais do que suficiente para se apaixonar pelo personagem.

Os personagens no geral são cativantes e servem para mostrar diversas situações diferentes onde Machida descobre cada vez mais complexidades sobre as pessoas, sobre as vidas diferentes que elas têm e sobre as diferenças entre a sua vida e a dos outros.

A arte é diferenciada do que costumo ler, ela tem uma beleza diferente, não é uma estética perfeita e me remete imediatamente a uma obra de arte mesmo. As cores são delicadas nas capas e o traço no geral é todo delicado, com expressões desenhadas de modo leve, mas ainda passando sua mensagem com clareza e emocionando na medida certa.

Não existe muito a declarar sobre essa obra que na minha opinião é maravilhosa, com uma evolução de roteiro tremendamente satisfatória, personagens altamente cativantes e momentos engraçados, proporcionando ao leitor uma grande dose de tranquilidade e alegria. Recomendo a leitura de Machida-kun no sekai a todos que estejam procurando uma história desse tipo.

E com esse post extremamente simples, me despeço de vocês por hoje. Nos vemos na próxima postagem que não tem data fixa, vocês sabem~

Esta entrada foi publicada em Mangá, Resenha, Resenhando e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.